1ª Pós-graduação para Eletrovisionários

2ª TURMA – JULHO 2024

professores-part.1.png
professores-part2.png

Clay Marcos Martins, Hélio Sueta, Hilton Moreno, Jobson Modena, José Roberto Muratori, José Starosta, Luis Tossi, Luiz Ferraro, Maurício de Sousa Lima e Roberval Bulgarelli

1ª Pós-graduação universitária lato sensu (especialização) para Profissionais Eletrovisionários que desejam aprender com grandes mestres renomados como dominar e aplicar os conceitos mais modernos das Instalações Elétricas residenciais, prediais, comerciais e industriais, tornando-se autoridade no assunto.

Por que você deve fazer a Pós-graduação em Instalações Elétricas da UNIPOTÊNCIA?

Desenvolvemos nossa Pós-graduação em Instalações Elétricas com o objetivo de apresentar, exclusivamente para alunos eletrovisionários, as melhores práticas de engenharia, além dos principais conceitos e conhecimentos de ponta necessários para serem aplicados pelos profissionais na próxima era da engenharia elétrica que já está em nosso caminho.

A total eletrodependência da sociedade do século XXI, com a digitalização completa da vida de praticamente todas as pessoas e com avanços tecnológicos diários, exige das Instalações Elétricas níveis de qualidade, segurança, operação, resiliência, continuidade e confiabilidade nunca antes requeridos.

Energias renováveis dentro das edificações, recargas de veículos elétricos, baterias e circuitos em corrente contínua nas instalações elétricas, internet das coisas, automações prediais e industriais cada vez mais sofisticadas, robôs colaborativos, e data centers com gigantescos consumos de energia e necessidades extremas de continuidade de serviço, são apenas alguns exemplos das novas fronteiras da engenharia elétrica que os profissionais terão que desbravar para exercer sua profissão com excelência.

Professores experientes e renomados, sob a Direção Acadêmica do Professor Hilton Moreno, vão fazer de tudo para tornar você um especialista com autoridade em instalações elétricas, ajudando-o a desenvolver habilidades essenciais para uma carreira de sucesso e impacto, alcançando novos patamares.

Seja parte de uma jornada de descoberta e crescimento profissional com um curso que vai transformar sua visão sobre engenharia elétrica, moldando você para o futuro da engenharia elétrica e preparando-o para uma carreira repleta de oportunidades.

Pré-requisitos para cursar a Pós-graduação em Instalações Elétricas da UNIPOTÊNCIA

O pré-requisito para cursar a Pós-graduação em Instalações Elétricas é o aluno possuir o diploma de conclusão do curso superior exclusivamente em Engenharia ou de Tecnologia (Tecnólogo), em qualquer especialidade.

A Pós-graduação em Instalações Elétricas uniu a UNIFATEC, que é uma instituição de ensino tradicional e respeitada ligada ao MEC e a UNIPOTÊNCIA, escola reconhecida pela credibilidade, conteúdo e qualidade de seus professores.

Ao todo, a Pós-graduação em Instalações Elétricas tem 600 horas de ensino disponibilizadas ao longo de 12 meses, com 10 professores renomados (especialistas, mestres e doutores).

Torne-se um Pós-graduado em Instalações Elétricas em apenas 12 meses!

Videoaulas gravadas, liberadas sempre no mês da disciplina vigente

Aulas on-line ao vivo (pelo Zoom) para você interagir com os professores

Material de apoio: Lives gravadas da UniPotência e textos em PDF

Grupo VIP de WhatsApp para alunos do Curso

As aulas do Zoom ficam gravadas para você rever ou assistir quando não conseguir participar ao vivo

Ensino EaD (a distância) para você não se preocupar com o tempo e custos de deslocamentos

A Pós-graduação em Instalações Elétricas é para quem busca adquirir e aperfeiçoar habilidades obrigatórias para trabalhar nas novas fronteiras da engenharia elétrica, com os mais renomados profissionais do Brasil.

Domine o assunto e seja autoridade no mercado de trabalho!

INÍCIO DA SEGUNDA TURMA DO CURSO:
01/07/2024

Em breve serão divulgadas as datas das aulas AO VIVO

GRADE CURRICULAR:

Disciplina

Professor

Data

Hilton Moreno

JULHO/2024

Hélio Sueta e Jobson Modena

AGOSTO/2024

Hélio Sueta, Hilton Moreno e Maurício Sousa Lima

SETEM|BRO/2024

José Starosta

DEZEMBRO/2024

Luis Tossi

JANEIRO/2025

José Roberto Muratori

FEVEREIRO/2025

Jobson Modena

MARÇO/2025

* Datas sujeitas a confirmação

CORPO DOCENTE:

DIRETOR ACADÊMICO e COORDENADOR DO CURSO:

Hilton Moreno

Professor

BÔNUS EXCLUSIVOS

Normas Técnicas em PDF

No início das aulas da pós-graduação você recebe como bônus a cópia oficial em pdf de cada uma das principais normas tratadas no curso, que têm um valor de compra de mais de R$ 3.000,00

⚠️ Liberação em 01/07/2024 na área do aluno

Biblioteca Digital UniPotência

A UniPotência disponibiliza para os alunos do Curso Master uma Biblioteca Virtual com 60 livros sobre instalações elétricas, normas regulamentadoras, eletrotécnica, circuitos elétricos, eletromagnetismo, energias renováveis e nuclear, dentre outros temas

R$ 300,00/ano

⚠️ Liberação em 01/07/2024 na área do aluno

Checklist NBR 5410

Esse checklist, que foi desenvolvido pelo Prof. Hilton Moreno, tem mais de 270 itens muito importantes da NBR 5410, que permite a rápida localização de assuntos, facilitando a aplicação da norma

⚠️ Liberação em 01/07/2024 na área do aluno

TUPAN PLUS 2020

Uma ferramenta essencial para a definição das medidas (mínimas) de proteção de estruturas e pessoas em relação às Descargas Atmosféricas, conforme a ABNT NBR 5419-2

⚠️ Liberação em 01/07/2024 na área do aluno

* Caso seja realizada qualquer revisão na NBR 5419:2015, que modifique o cálculo de análise de risco, não será fornecida nenhuma atualização do software Tupan

Educação Continuada

As lives da UniPotência, depois de realizadas no Youtube, ficam acessíveis apenas para nossos alunos dentro do ambiente do curso. Assim, mantemos o curso sempre atualizado e com conteúdos riquíssimos

Grupo VIP da Pós no Whatsapp

Cada turma da Pós-graduação contará com um grupo exclusivo no Whatsapp, focado na interação entre os alunos, com o objetivo de promover o networking

⚠️ Liberação do link em 01/07/2024 na área do aluno

Vantagens desse curso

2 anos de acesso

estude online e offline

CERTIFICADO DE 600 HORAS

O que nossos alunos estão falando

A pós em Instalações Elétricas tem uma dinâmica motivadora, com material didático e professores de primeira qualidade, tanto em conhecimentos como didática.
Nelson Gravino
Eng. Eletricista
Pra quem busca embasamento técnico e teórico nos temas voltados para Elétrica esta é a Pós-graduação certa! A experiência dos professores é um diferencial gigante!
Hygor silva
Eng. Eletricista
Curso de extrema qualidade. Professores de altíssima qualidade técnica e reconhecimento com material de qualidade e atualizado. Aulas online muito positivas com grande troca de experiência por parte dos professores e alunos.
Raphael Fernando Oliveira
Eng. Eletricista
Professores muito competentes, atualizados, empenhados em repassar conteúdo e conhecimento. Material didático de boa qualidade e plataforma de acesso organizada. As principais normas da ABNT, relativas ao conteúdo do curso, são tratadas a fundo.

Os conteúdos apresentados nas disciplinas são bem completos, com sólidas bases científicas, práticos e propicia boa interatividade com os alunos. As aulas on-line são agradáveis e os alunos tiram dúvidas de casos reais que vivenciam no dia a dia de suas atividades profissionais.

Procurei por anos por uma pós-graduação “lato sensu” com esse nível e, felizmente, encontrei. Parabéns a toda equipe e, em especial, ao Professor Hilton Moreno que rege a orquestra com muita competência!
Fernando Melo Franco
Eng. Eletricista

INVESTIMENTO

Pagamento à vista no cartão, boleto ou pix

R$ 11.900,00

R$ 4.990,00

Pagamento parcelado no cartão

R$ 11.900,00

12x R$ 498,02

Até 12 parcelas no cartão de crédito, equivalente ao período de duração da pós-graduação

Pagamento parcelado no boleto ou pix

R$ 11.900,00

12x R$ 498,00

Até 12 parcelas no pix ou boleto, equivalente ao período de duração da pós-graduação

MATRÍCULAS ENCERRADAS!

Todas as vagas foram ocupadas e em breve abriremos inscrições para a segunda turma

ENTRE PARA A LISTA DE ESPERA:

A Universidade Potência Educação - UNIPOTÊNCIA , que iniciou suas atividades em 2020, já é uma das mais respeitadas instituições de ensino do Brasil com cursos na área elétrica de pós-graduação e extensão universitária.

A UNIPOTÊNCIA acredita no poder transformador que o conhecimento de alta qualidade tem para impulsionar as carreiras das pessoas.

Por isso, a UNIPOTÊNCIA oferece cursos na área elétrica de diversos temas, reconhecidos pelo MEC, ministrados por professores com muita experiência, comprovado reconhecimento, que são referências em suas áreas no mercado.

A UNIPOTÊNCIA é uma unidade de negócios da HMNews Editora e Eventos, que se soma à Revista Potência e aos eventos Expoelétrica e Redes Subterrâneas.

O Centro Universitário UNIFATEC possui 5 campi em Curitiba (PR) e oferece 28 cursos de graduação presenciais. Além disso, possui 8 polos no Brasil, 1 nos Estados Unidos e 1 no Japão.

Também oferece cursos de pós-graduação presencial e a distância em todo o Brasil, e conta com mais de 20 mil alunos.

Iniciou sua trajetória na educação no ano de 2005, quando obteve seu registro junto ao MEC e era apenas a FATEC. Hoje, consolida-se como um grande Centro Universitário com estrutura nota 4/5 no MEC.

PERGUNTAS FREQUENTES

Uma parte do conteúdo de cada disciplina do curso é composta por videoaulas gravadas. Outra parte é realizada por meio de aulas on-line ao vivo, pela plataforma Zoom, que é gravada e disponibilizada para o aluno assistir quando quiser durante a vigência do curso, 24 horas por dia, todos os dias. O conteúdo ao vivo pela plataforma Zoom é composto de 3 aulas, cada uma com 3 horas de duração.

Todo o conteúdo do curso, que é composto de vídeos e PDF, fica disponibilizado na área do aluno da Plataforma da UNIPOTÊNCIA na Hotmart. O acesso à plataforma é realizado por nome de usuário e senha, que são enviados para o aluno imediatamente após o pagamento da taxa de matrícula, da aprovação da documentação enviada, da assinatura do contrato e da confirmação do registro do aluno na UNIFATEC, parceira da UNIPOTÊNCIA junto ao MEC.

Sim, é possível.

Para acessar todo o conteúdo do curso sem acesso à internet, o aluno deve baixar o aplicativo Hotmart nas lojas on-line de aplicativos.

Nesse aplicativo, o aluno terá acesso ao curso completo e poderá baixar o material disponível quando tiver acesso a uma rede de internet, sendo então possível acessá-lo em qualquer lugar e horário mesmo sem estar conectado à internet.

Dúvidas relacionadas ao financeiro ou administrativas são tratadas diretamente com a UNIPOTÊNCIA através do e-mail: aluno@unipotencia.com.br

Dúvidas sobre o conteúdo das disciplinas poderão ser tiradas diretamente com o professor durante a aula on-line ao vivo.

Existe também um Grupo VIP de WhatsApp da Pós-graduação em Instalações Elétricas. Este Grupo tem por objetivo compartilhar experiências e comentários dos participantes do curso entre si, de modo que permitam enriquecer o conhecimento do grupo como um todo e ajudar a esclarecer dúvidas individuais.

O acesso a este Grupo é liberado ao aluno após a confirmação do registro do aluno na UNIFATEC, parceira da UNIPOTÊNCIA junto ao MEC.

A duração mínima da Pós-graduação em Instalações Elétricas é 12 meses e a máxima é 24 meses.

O acesso à plataforma ficará disponível por 24 meses para o aluno rever as gravações das aulas e utilizar todo o conteúdo a partir da data de assinatura do contrato.

Não é obrigatório assistir nenhuma aula on-line ao vivo. Todas as aulas on-line ao vivo são gravadas e disponibilizadas para o aluno assistir posteriormente, sem perder assim o conteúdo da disciplina.

Não existe controle de frequência nesta pós-graduação.

Não é necessário entregar TCC nesta pós-graduação.

Sim, cada disciplina tem uma avaliação no formato de múltipla escolha e o aluno deve obter nota mínima igual a 7 (de um total de 10) para ser aprovado. Caso não obtenha esta nota mínima na primeira tentativa, o sistema oferece novas questões para serem respondidas pelo aluno.

Depois que for aprovado nas avaliações de todas as disciplinas do curso, o aluno irá receber o seu certificado de conclusão da pós-graduação, emitido pela UNIFATEC, assinado pelo Reitor e reconhecido pelo MEC.

Em média, o prazo para o aluno receber o certificado é de 180 dias após a conclusão do curso, porém ele pode variar para mais ou para menos em função de questões administrativas externas que fogem ao controle da UNIFATEC e da UNIPOTÊNCIA. De qualquer modo, o aluno é mantido informado sobre o andamento da solicitação.

A UNIPOTÊNCIA, do Grupo HMNews, é a criadora e proprietária da Pós-graduação em Instalações Elétricas, sendo a responsável pela gestão do conteúdo e dos professores.

A UNIFATEC-PR – CENTRO UNIVERSITÁRIO é uma Instituição de Ensino Superior, registrada no MEC, sendo responsável pela gestão administrativa do curso e dos alunos. Dentre suas atribuições estão, por exemplo, o registro do curso no MEC, o registro da matrícula do aluno no curso, a liberação dos documentos para o aluno solicitar a sua carteirinha de estudante, a emissão do certificado de conclusão do curso etc.

A nota geral (IGC) da UNIFATEC-PR no MEC é 4 (sendo a nota máxima igual a 5), o que é considerado um conceito acima da média.

Atendendo às exigências do MEC, os professores do curso são compostos de especialistas, mestres e doutores, além de professores de notório saber.

O Registro da Pós-graduação em Instalações Elétricas é Portaria do Ministério da Educação: nº 1010 – DOU de 21/05/2019.

Consulte o registro no MEC clicando AQUI.

Assim que o registro da matrícula do aluno no curso é concluído, o aluno pode solicitar ao nosso suporte, via WhatsApp ou e-mail, o seu comprovante de matrícula. Com este comprovante em mãos, o aluno pode acessar o site https://www.documentodoestudante.com.br/ e solicitar a emissão da carteira nacional de estudante, válida em todo o território nacional.

A pós-graduação não pode ser “trancada”, ou seja, paralisada temporariamente pelo aluno e retomada em outro momento. No entanto, a matrícula no curso de pós-graduação pode ser cancelada definitivamente. Para isso, é necessário que o aluno envie um e-mail formalizando o pedido. Ao fazer a solicitação de cancelamento, o aluno deverá pagar as 2 (duas) próximas mensalidades a vencer, não contando o mês em que o pedido foi realizado, ficando desobrigado do pagamento das parcelas restantes. Importante destacar que, após o pedido de cancelamento, o aluno ainda terá 60 dias de acesso a todo o conteúdo do curso, incluindo as aulas on-line ao vivo realizadas neste período.

O pagamento pode ser realizado pelos seguintes meios: Cartão de crédito, Cartão virtual Caixa, Boleto, PIX, Conta Hotmart, PayPal, Débito Bancário.

Em geral, os cursos de pós-graduação são dedutíveis, mas é sempre necessário consultar a regra atualizada do Imposto de Renda no site da Receita Federal, pois as regras podem mudar de um exercício para o outro.

Não pode.

O pré-requisito para cursar a Pós-graduação em Instalações Elétricas é o aluno possuir o diploma de conclusão do curso superior exclusivamente em Engenharia ou de Tecnologia (Tecnólogo), em qualquer especialidade.

Assim, não é permitido aos técnicos (segundo grau) cursarem a pós-graduação, bem como as pessoas que se formaram em cursos superiores que não de Engenharia e Tecnologia, como, por exemplo, Administração de empresas, Medicina, Direito, Ciências biológicas etc.

Para aqueles que desejam adquirir um conhecimento mais profundo em Instalações Elétricas e não atendem ao pré-requisito da pós-graduação, recomendamos que o aluno faça sua matrícula em nosso Curso Master Engenharia em Instalações Elétricas. Este Curso, que tem uma grade curricular excelente e 450 horas de duração, não tem nenhum pré-requisito em relação à formação do aluno, embora façamos a recomendação que o interessado tenha conhecimento básico de matemática e intermediário de eletricidade.

Neste momento, a Pós-graduação em Instalações Elétricas da UNIPOTÊNCIA está em fase de registro no CREA.

A inclusão de uma nova atribuição ao profissional na área de instalações elétricas é concedida pelo CREA da região onde o profissional está registrado, não é automática e segue algumas etapas.

As regras relativas às atribuições profissionais e eventuais extensões estão contidas na RESOLUÇÃO CONFEA Nº 1.073, DE 19-04-2016.

Primeiramente, a faculdade e o curso de pós-graduação em Instalações Elétricas precisam estar registrados no CREA.

No caso específico de nossa pós, a UNIFATEC, instituição de ensino parceria da UNIPOTÊNCIA, já é registrada no CREA-PR e o processo de registro do curso de nossa pós está em andamento. Uma vez que o aluno tenha em mãos o certificado de conclusão da Pós-graduação em Instalações Elétricas da UNIPOTÊNCIA, ele deve entrar com pedido específico no CREA de sua região solicitando o acréscimo da nova atribuição profissional. Diante do pedido e da documentação enviada pelo interessado, o setor responsável do CREA faz a análise individualizada daquela situação, avaliando, basicamente, o histórico escolar do curso de graduação do profissional e a grade curricular da nossa pós-graduação. Como resultado desta avaliação, o CREA pode ou não conceder a inclusão da nova atribuição solicitada pelo interessado. Não é uma regra geral, mas, quanto maior a carga horária de disciplinas direta ou indiretamente relacionadas com eletricidade o interessado teve no seu curso de graduação, maior a possibilidade de obter a nova atribuição do CREA em Instalações Elétricas.

Termos de estágio para alunos do curso de especialização não serão assinados pela UNIPOTÊNCIA e UNIFATEC, dado que na base curricular do curso não consta estágio obrigatório.

– Cópia do diploma da graduação (frente e verso);
– Cópia do RG;
– Cópia do CPF;
– Cópia da certidão de nascimento ou casamento;
– Cópia do comprovante de endereço.

Curadoria e Administração:

Chancela e Aprovação:

Reconhecimento:

DISCIPLINA 1 – INSTALAÇÕES DE BAIXA TENSÃO
PROF. Hilton Moreno

JUNHO/2024

MÓDULO 1
- NBR 5410: objetivos, onde se aplica, terminologia

MÓDULO 2
- Aterramento e equipotencialização: definições
- Principais componentes de aterramento e equipotencialização
- Condutor de aterramento
- BEP
- Condutores de proteção

MÓDULO 3
- Proteção contra choques elétricos: Regra geral e Contato direto
- Proteção contra contato indireto

MÓDULO 4
- Necessidade da proteção contra sobretensões
- Seleção do DPS
- Coordenação do DPS com outros dispositivos

MÓDULO 5
- Requisitos para linhas elétricas – parte 1
- Requisitos para linhas elétricas – parte 2
- Linhas elétricas em locais de afluência de público

MÓDULO 6
- Tipos de linhas elétricas e métodos de referência
- Seleção dos condutores em função dos tipos de linhas elétricas
- Determinação da corrente de projeto
- Seleção dos condutores vivos por seção mínima
- Determinação da seção nominal dos condutores vivos pela capacidade de condução de corrente
- Fórmula simplificada para determinação da temperatura final (de regime) de um condutor isolado
- Cálculo da capacidade de condução de corrente de cabos isolados em regime permanente
- Determinação da seção nominal dos condutores vivos pela queda de tensão
- Determinação da seção nominal dos condutores vivos pela coordenação com dispositivos de proteção contra sobrecargas
- Determinação da seção nominal dos condutores vivos pela coordenação com dispositivos de proteção contra curtos-circuitos
- Coordenação entre a proteção contra sobrecargas e a proteção contra curtos-circuitos
- Seletividade entre dispositivos de proteção contra sobrecorrentes

MÓDULO 7
- Previsão de cargas de iluminação
- Previsão de cargas de tomadas

MÓDULO 8
- Divisão da instalação em circuitos e quadros elétricos
- Cálculo do centro de carga

MÓDULO 9
- Classificação das influências externas e seleção dos componentes da instalação

MÓDULO 10
- Verificação final da instalação
- Manutenção da instalação

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 2 – PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS
PROFs. Hélio Sueta e Jobson Modena

AGOSTO/2024

PARTE 1 – Introdução às descargas atmosféricas – Prof. Hélio Sueta
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 1: Apresentação da proteção contra descargas atmosféricas: objetivo e as normas de proteção
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 2: Formação das descargas atmosféricas
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 3: Os danos causados pelas descargas atmosféricas
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 4: O escopo e as principais definições gerais da ABNT NBR 5419-1: 2015: Princípio gerais
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 5: As definições importantes para entender o SPDA
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 6: As definições importantes para entender as MPS
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 7: Fontes e tipos de dano a uma estrutura
- PARTE 1 - Módulo 1 - Aula 8: A corrente da descarga atmosférica
- PARTE 1 - Mod.1 - Aula 9: Surto devido às descargas atmosféricas

PARTE 2 – Análise de risco – Prof. Hélio Sueta
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 1: O escopo e as principais definições gerais da ABNT NBR 5419-2: 2015: Gerenciamento de risco
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 2: Os componentes de risco
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 3: Área de exposição equivalente e a densidade de descargas para a terra
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 4: Exemplo de cálculo de um componente de risco
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 5: Os parâmetros a serem analisados no gerenciamento de risco
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 6: Desenvolvendo uma planilha de cálculos
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 7: Instalação da planilha, levantamento de dados e estudo de caso base: estado atual de proteção
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 8: Trabalhando na planilha Tupan os campos "Dados Técnicos" e "Outros Dados"
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 9: Gravações, zonas de estudo e como definir as medidas de proteção mínimas necessárias
- PARTE 2 - Módulo 2 - Aula 10: Finalizando o Tupan Plus 2020

PARTE 3 – Sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) – Prof. Jobson Modena
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 1: SPDA externo e interno: introdução
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 2: Nível de proteção da PDA
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 3: Tipos de subsistema de captação
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 4: Captação: método das malhas (Faraday)
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 5: Captação: métodos de cálculo - ângulo de proteção (Franklin)
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 6: Captação: métodos de cálculo - esfera rolante (eletrogeotérmico)
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 7: Captores não tratados pela NBR 5419
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 8: Subsistema de descida
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 9: Subsistema de aterramento
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 10: Entendendo o valor da resistência ôhmica do eletrodo de aterramento
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 11: SPDA natural: possibilidade de utilização
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 12: Materiais, componentes e conexões: dimensões e tipos permitidos
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 13: SPDA interno: minimizando os efeitos do centelhamento
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 14: SPDA Interno: minimizando a possibilidade da ocorrência de centelhamento através da distância de segurança
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 15: Proteção pessoal: proteção contra acidentes com seres vivos devido às tensões de passo e de toque
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 16: Resistividade do solo para os estudos do subsistema de aterramento de uma PDA
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 17: Medição: arranjo dos 4 pontos, método de Wenner
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 18: Resistividade do solo: aplicação
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 19: Ensaio para eletrodos de aterramento não naturais
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 20: Ensaio das armaduras do concreto para viabilização da utilização de seus elementos metálicos como SPDA natural
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 21: Inspeção e manutenção da PDA
- PARTE 3 - Módulo 3 - Aula 22: Documentação da PDA

PARTE 4 – Medidas de proteção contra surtos (MPS) – Prof. Jobson Modena
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 1: Medidas de proteção contra surtos (5419-4)
- PARTE 4 - Módulo 4 - Módulo 4 - Aula 2: Zonas de proteção contra raios
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 3: Aterramento e equipotencialização na criação da ZPR
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 4: Blindagem e roteamento na criação da ZPR
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 5: Dispositivos de proteção contra surtos (DPS): princípios
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 6: DPS: seleção e instalação
- PARTE 4 - Módulo 4 - Aula 7: DPS: instalação e posicionamento

PARTE 5 – Proteção contra raios em áreas abertas – prof. Jobson Modena
- PARTE 5 - Módulo 1 - Aula 1: Introdução
- PARTE 5 - Módulo 1 - Aula 2: Fases da tempestade e parâmetros detectáveis
- PARTE 5 - Módulo 1 - Aula 3: Detectores de tempestades elétricas
- PARTE 5 - Módulo 1 - Aula 4: Áreas para estudo e monitoramento
- PARTE 5 - Módulo 1 - Aula 5: Avaliação dos alarmes
- PARTE 5 - Módulo 2 - Aula 1: SATE - Estudo
- PARTE 5 - Módulo 2 - Aula 2: SATE - Análise de caso - 01
- PARTE 5 - Módulo 2 - Aula 3: SATE - Análise de caso - 02
- PARTE 5 - Módulo 2 - Aula 4: Possíveis ações preventivas
- PARTE 5 - Módulo 3 - Aula 1: Efeitos das descargas atmosféricas
- PARTE 5 - Módulo 3 – Aula 2: Como agir diante do acidente
- PARTE 5 - Módulo 3 – Aula 3: Como agir diante da tempestade

PARTE 6 – Inspeção SPDA e MPS – Prof. Hélio Sueta e Prof. Jobson Modena
- PARTE 6 - Módulo 1 - Aula 1: Introdução, objetivo, ordens e tipos de inspeções
- PARTE 6 - Módulo 1 - Aula 2: Preparação para inspeção de PDA
- PARTE 6 - Módulo 2 - Aula 1: Inspeção e manutenção de PDA: Checklist
- PARTE 6 - Módulo 2 - Aula 2: Checklist para SPDA
- PARTE 6 - Módulo 2 - Aula 3: Checklist para MPS
- PARTE 6 - Módulo 3 - Aula 1: Estudo de caso: captação
- PARTE 6 - Módulo 3 - Aula 2: Estudo de caso: descida
- PARTE 6 - Módulo 3 - Aula 3: Estudo de caso: aterramento
- PARTE 6 - Módulo 3 - Aula 4: Estudo de caso: equipotencialização e distância de segurança
- PARTE 6 - Módulo 3 - Aula 5: Estudo de caso: roteamento, blindagens e DPS
- PARTE 6 - Módulo 4 - Aula 1: Manutenção na PDA
- PARTE 6 - Módulo 5 - Aula 1: Ensaios
- PARTE 6 - Módulo 5 - Aula 2: Estratificação do solo
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 1: Modelo Relatório
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 2: Estudo de casos de alunos
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 3: Inspeção visual com dicas de como proceder às verificações no local
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 4: Demonstração de inspeção de subsistemas de captação e descida através de drone
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 5: Corte, conexão de cabos utilizando conectores a compressão, uso de cabos de aço cobreado
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 6: Verificação de continuidade elétrica em elementos não naturais usando terrômetro alicate e micro-ohmímetro adequado. Simulação de principais erros cometidos em medições
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 7: Medição da resistividade do solo - realização de pelo menos uma linha de medição de resistividade do solo conforme o método de Wenner
- PARTE 6 - Módulo 6 - Aula 8: Análise das MPS

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 3 – INSTALAÇÕES DE MICROGERAÇÃO FOTOVOLTAICA
PROFs. Hélio Sueta, Hilton Moreno, Maurício Sousa Lima

SETEMBRO/2024

PARTE 1 – Instalações elétricas fotovoltaicas conforme a ABNT NBR 16690 - parte 1 - Prof. Maurício Sousa Lima
- PARTE 1 – Módulo 1 – Aula 1: Introdução de um sistema fotovoltaico
- PARTE 1 – Módulo 1 – Aula 2: Componentes de um sistema fotovoltaico
- PARTE 1 – Módulo 1 – Aula 3: - ABNT NBR 16690 – Requisitos de projeto
- PARTE 1 – Módulo 2 – Aula 1: ABNT NBR 16690 - Princípios fundamentais, determinação das características gerais e configurações do arranjo fotovoltaico
- PARTE 1 – Módulo 2 – Aula 2: ABNT NBR 16690 - Considerações e determinação das características gerais de um arranjo fotovoltaico
- PARTE 1 – Módulo 3 – Aula 1: ABNT NBR 16690 - 5.6 - Seccionamento e comando
- PARTE 1 – Módulo 3 – Aula 2: 5.7 - Proteção contra os efeitos de falhas de isolação
- PARTE 1 – Módulo 3 – Aula 3: ABNT NBR 16690 - 6.5 - outros componentes e anexo C
- PARTE 1 – Módulo 4 – Aula 1: ABNT NBR 16690 - 7 - Verificação Final
- PARTE 1 – Módulo 4 – Aula 2: ABNT NBR 16690 - 8 - Manutenção
- PARTE 1 – Módulo 5 – Aula 1: ABNT NBR 16690 - 9 - Requisitos complementares para instalações ou locais específicos
- PARTE 1 – Módulo 5 – Aula 2: ABNT NBR 16690 - 10 - Marcações e documentação + ANEXO A
- PARTE 1 – Módulo 5 – Aula 3: ABNT NBR 16690 - ANEXO B E ANEXO D

PARTE 2 – Instalações elétricas fotovoltaicas conforme a ABNT NBR 16690 - parte 2 - Prof. Hilton Moreno
PARTE 2 – Módulo 1 – Aula 1: Características dos cabos para instalações fotovoltaicas
- PARTE 2 – Módulo 1 – Aula 2: Instalação de cabos elétricos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 1 – Aula 3: Conexões de cabos fotovoltaico
- PARTE 2 – Módulo 2 – Aula 1: Dimensionamento de cabos elétricos fotovoltaicos – Cálculo da corrente de projeto
- PARTE 2 – Módulo 2 – Aula 2: Dimensionamento de cabos elétricos fotovoltaicos – Capacidade de condução de corrente e queda de tensão
- PARTE 2 – Módulo 2 – Aula 3: Exemplo de dimensionamento de cabos elétricos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 3 – Aula 1: Verificação final da instalação dos cabos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 3 – Aula 2: Manutenção dos cabos da instalação fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 4 – Aula 1: Aterramento e equipotencialização de proteção de arranjos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 4 – Aula 2: Aterramento e equipotencialização funcionais de arranjos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 5 – Aula 1: Proteção contra sobrecorrentes de séries fotovoltaicas
- PARTE 2 – Módulo 5 – Aula 2: Proteção contra sobrecorrente em subarranjos e arranjos fotovoltaicos
- PARTE 2 – Módulo 6 – Aula 1: Proteção contra sobretensões e perturbações eletromagnéticas
- PARTE 2 – Módulo 6 – Aula 2: Proteção contra choques elétricos nas instalações fotovoltaicas
- PARTE 2 – Módulo 6 – Aula 3: Proteção contra incêndios e queimaduras nas instalações fotovoltaicas

PARTE 3 – Proteção de instalações fotovoltaicas contra descargas atmosféricas - Prof. Hélio Sueta
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 1: Principais aspectos dos sistemas fotovoltaicos a serem considerados para a proteção contra descargas atmosféricas
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 2: Normas e análise de risco
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 3: Proteção de usinas fotovoltaicas contra descargas atmosféricas - Parte 1
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 4: Proteção de usinas fotovoltaicas contra descargas atmosféricas - Parte 2
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 5: Medidas de proteção contra surtos em sistemas fotovoltaicos em usinas - Parte 1
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 6: Medidas de proteção contra surtos em sistemas fotovoltaicos em usinas - Parte 2
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 7: Proteção de sistemas fotovoltaicos em coberturas contra descargas atmosféricas - Parte 1
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 8: Proteção de sistemas fotovoltaicos em coberturas contra descargas atmosféricas - Parte 2
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 9: Medidas de proteção contra surtos em sistemas fotovoltaicos em coberturas - Parte 1
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 10: Medidas de proteção contra surtos em sistemas fotovoltaicos em coberturas - Parte 2
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 11: Verificações experimentais em módulos fotovoltaicos
- PARTE 3 – Módulo 1 – Aula 12: Análise econômica para implantação de PDA em sistemas fotovoltaicos

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 4 – EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES EM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS
PROF. Roberval Bulgarelli

OUTUBRO/2024

MÓDULO 1
- A segurança das instalações “Ex” ao longo do seu ciclo total de vida
- Características de gases inflamáveis e de poeiras combustíveis
- O “mito” de segurança proporcionada somente por equipamentos com certificação “Ex”. Interfaces entre instalações elétricas em áreas classificadas e em áreas não classificadas
- Conceitos de classificação de áreas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis: Zonas, Grupos e Classes de Temperatura

MÓDULO 2
- Conceito de níveis de proteção proporcionados pelos equipamentos “Ex” (EPL – Equipment Protection Level)
- Graus de proteção providos por invólucros contra ingresso de água e poeira – Códigos IP
- Características dos principais tipos de proteção para equipamentos elétricos “Ex”: Ex “d”, Ex “e”, Ex “i”, Ex “p”, Ex “m”, Ex “t”
- Requisitos de marcação de equipamentos “Ex”

MÓDULO 3
- Critérios de seleção de equipamentos “Ex” de acordo com a classificação da área do local da instalação: Zona, Grupo e Classe de Temperatura – Norma ABNT NBR IEC 60079-14
- Requisitos de serviços de projeto, seleção e montagem de equipamentos para instalações elétricas em atmosferas explosivas – Norma ABNT NBR IEC 60079-14. Exemplos de detalhes típicos para montagem de equipamentos “Ex”
- Requisitos de serviços de manutenção e inspeção de equipamentos e instalações em atmosferas explosivas – Norma ABNT NBR IEC 60079-17. Graus de inspeções “Ex”: Visuais, apuradas e detalhadas. Tipos de inspeções “Ex”: Iniciais, periódicas e por amostragem
- Listas de verificação para inspeções de equipamentos e instalações “Ex” com tipos de proteção Ex “d”, Ex “e”, Ex “n”, Ex “t”, Ex “i” e Ex “p”

MÓDULO 4
- O que não fazer em áreas classificadas?
- A indevida “normalização” dos desvios “Ex”. Como evitar? Exemplos de “desvios” ou de “não conformidades” encontradas no campo em instalações “Ex” e em equipamentos com certificação “Ex”
- Requisitos para serviços de reparo, revisão e recuperação de equipamentos “Ex” – Norma ABNT NBR IEC 60079-19
- Certificação de empresas de serviços “Ex”, certificação de competências pessoais “Ex” e certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 5 – INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM LOCAIS ESPECIAIS: ALIMENTAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS, CANTEIROS DE OBRAS, LOCAIS DE AFLUÊNCIA DE PÚBLICO
PROF. Hilton Moreno

NOVEMBRO/2024

PARTE 1 - ALIMENTAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS

MÓDULO 1 - APRESENTAÇÃO DA NBR 17019
- Escopo
- Referências normativas
- Definições
- Anexo A – Sistema de alimentação para veículos elétricos (SAVE) – Modos de recarga 1, 2, 3, 4

MÓDULO 02 – PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA NBR 17019
- Potência de alimentação
- Fator de demanda
- Esquema de aterramento
- Divisão da instalação

MÓDULO 03 – PROTEÇÃO CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS
- Proteção adicional por uso de DR
- Fonte de separação
- Proteção parcial contra choques elétricos

MÓDULO 04 – PROTEÇÃO CONTRA SOBRETENSÕES
- Proteção contra sobretensões transitórias em linhas de energia
- Prevenção de influências eletromagnéticas

MÓDULO 05 – SELEÇÃO E INSTALAÇÃO DOS COMPONENTES
- Conformidade com as normas
- Influências externas

MÓDULO 06 - SELEÇÃO DOS DISPOSITIVOS
- Prescrições comuns
- Dispositivos DR
- Dispositivos supervisores de isolamento
- Dispositivos de proteção contra sobrecorrentes
- Condutores de proteção
- Tomadas de corrente e tomadas móveis para veículos elétricos
- Veículos elétricos utilizados como fontes de reserva

MÓDULO 07 – ESTAÇÕES DE RECARGA
- Estação de recarga condutiva – Modos de recarga 1, 2 e 3, conforme ABNT NBR IEC 61851-1
- Estação de recarga condutiva – Modo 4, conforme ABNT NBR IEC 61851-23
- Estação de recarga para transferência de energia sem fio, conforme série IEC 61980

PARTE 2 - CANTEIROS DE OBRAS
- Escopo da NBR 17018
- Proteção contra choques elétricos em canteiros de obras
- Proteção contra sobretensões em canteiros de obras
- Linhas elétricas em canteiros de obras: cabos e condutos
- Dispositivos de seccionamento em canteiros de obras
- Tomadas de corrente e extensões em canteiros de obras
- Quadros e painéis em canteiros de obras

PARTE 3 - LOCAIS DE AFLUÊNCIA DE PÚBLICO
- Escopo da NBR 13570
- Linhas elétricas em locais de afluência de público: cabos e condutos
- Quadros e painéis em locais de afluência de público
- Divisão das instalações elétricas em locais de afluência de público
- Tomadas de corrente e extensões em locais de afluência de público
- Influências externas em locais de afluência de público
- Proteção contra choques elétricos em locais de afluência de público
- Proteção contra sobrecorrentes em locais de afluência de público

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 6 – QUALIDADE DE ENERGIA
PROF. José Starosta

DEZEMBRO/2024

MÓDULO 1
- Razões para Qualidade de Energia
- A necessária qualidade do “produto”
- Qualidade de energia – o mundo real

MÓDULO 2
- Origem dos sinais de corrente e tensão – harmônicas nas instalações elétricas
- Definições e modelagens aplicadas às harmônicas
- Normas aplicáveis e limites de harmônicas
- Efeitos das harmônicas nas instalações
- Soluções para harmônicas nas instalações

MÓDULO 3
- Conceituação de medições de qualidade de energia nas instalações elétricas
- Instrumentos de medição de qualidade de energia nas instalações
- Pontos de interesse de medições de qualidade de energia nas instalações
- Interface e aplicações de medições de qualidade de energia

MÓDULO 4
- Definições e conceituação de compensação de energia reativa nas instalações elétricas
- Capacitores nas instalações elétricas
- Aspectos de soluções de compensação de energia reativa nas instalações elétricas
- Capacitores e geradores nas instalações elétricas
- Compensação reativa com manobra estática

MÓDULO 5
- Ressonância harmônica: definições e modelagens
- Ressonância harmônica: comportamento das instalações elétricas
- Ressonância harmônica: filtros sintonizados, antirressonantes, ativos e híbridos
- Ressonância harmônica: projetos com filtro passivo estático
- Ressonância harmônica: filtros ativos, híbridos e estáticos em média tensão
- Ressonância harmônica: oportunidades de melhoria contínua

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 7 – INFRAESTRUTURA DE DATA CENTER
PROF. Luis Tossi

JANEIRO/2025

MÓDULO 1
Introdução a datacenter
- O que é um datacenter
- Para que serve um datacenter
- O que são os serviços que levam a construção de um datacenter
- Qual o papel de um datacenter no ecossistema da internet

MÓDULO 2
Refrigeração em Datacenter
- O que é um sistema de refrigeração de precisão
- Quais os principais tipos de refrigeração em data center
- Quais os principais componentes de refrigeração em data center
- Quais os métodos de difusão de ar de refrigeração em data center
- Quais as necessidades construtivas da edificação e das salas de TI
- Exemplos de projetos (simples), cases e outras temas complementares

MÓDULO 3
Telecomunicações em Datacenters
- O que é a internet
- Qual o papel dos datacenters na internet
- Como o datacenter se comunica com o mundo externo e como seus componentes internos se interligam
- Meios físicos de transmissão, como os cabos de par metálico, fibras óticas, componentes, arquiteturas de redes, segregação física dos espaços, e a necessidade de compatibilização desta disciplina com as instalações elétricas

MÓDULO 4
Elétrica Parte 1
- Principais conceitos dos sistemas elétricos de um datacenter
- Componentes de média tensão e baixa tensão de um datacenter
- Seletividade, dispositivos de proteção de baixa e média tensão em datacenter
- Principais conceitos de uma arquitetura elétrica e de disponibilidade
- Gerador de emergência, motores a diesel, sistemas de armazenamento de diesel

MÓDULO 5
Elétrica Parte 2
- Sistemas ininterruptos de energia, conhecidos como UPS ou No Break
- Chaves de transferências, estáticas ou dinâmicas
- Harmônicas em datacenters: como surgem, quais suas implicações, como lidar com elas, meios de mitigação e controle

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 8 – AUTOMAÇÃO PARA EDIFICAÇÕES E INTERNET DAS COISAS
PROF. José Roberto Muratori

FEVEREIRO/2025

MÓDULO 1
- Breve histórico da automação de edificações no Brasil e no mundo
- Evolução dos diversos protocolos, cabeados e sem fios
- Tendências e previsões para um breve futuro

MÓDULO 2
- A Automação no contexto dos projetos multidisciplinares desenvolvidos para uma edificação atual
- Integração das diversas disciplinas e a visão do projetista de automação
- Etapas de projeto
- Memoriais e especificações necessários para implantação dos projetos de automação

MÓDULO 3
- Os diversos níveis de Automação para edificações
- Os principais subsistemas contidos no projeto
- A importância da visão integrada dos sistemas

MÓDULO 4
- Automação para eficiência energética
- Controle de iluminação
- Controle de climatização
- Controle dos sistemas hidráulicos
- Controle dos sistemas elétricos (convencionais e alternativos)

MÓDULO 5
- A Automação voltada ao conforto ambiental
- A Automação voltada à segurança das pessoas e do patrimônio
- A Automação e sua relação com os selos de sustentabilidade e de conforto ambiental

MÓDULO 6
- As novas tendências na Construção Civil - Edificações multiuso
- A utilização cada vez mais intensiva dos sistemas de Automação neste contexto
- Implantação de sistemas inteligentes e de automação voltada ao gerenciamento de uso e manutenção da edificação

MÓDULO 7
- Automação Residencial
- Conceitos de Casa Inteligente e Casa Conectada
- Novos hábitos no uso das residências e o seu impacto do uso crescente das tecnologias
- Tendências: Aplicativos, assistentes de voz, IoT e IA (Inteligência Artificial)

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 9 – ATERRAMENTO ELÉTRICO
PROF. Jobson Modena

MARÇO/2025

MÓDULO 1
- Conceitos de resistividade e estratificação do solo

MÓDULO 2
- Conceito de resistência ôhmica do eletrodo de aterramento
- Métodos de medição de resistência ôhmica do eletrodo de aterramento

MÓDULO 3
- Tensões de contato (toque)
- Tensão de passo
- Métodos de medição de tensões de toque e passo

MÓDULO 4
- Verificação da resistência de um eletrodo de aterramento
- Verificação de continuidade elétrica de segmentos do eletrodo
- Medição das resistividades para estratificação do solo pelo método de Wenner.

MÓDULO 5
- Exemplo de cálculo de malha de aterramento de uma Subestação simples

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 10 – SEGURANÇA NO TRABALHO EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE
PROF. Luis Ferraro

ABRIL/2025

MÓDULO 1
- Introdução à segurança no trabalho
- O que são normas regulamentadoras e qual a sua importância para a segurança
- Gerenciamento de riscos ocupacionais - GRO e o programa de gerenciamento de riscos – PGR
- Relação entre a segurança no trabalho e as outras disciplinas deste curso de pós-graduação

MÓDULO 2
- Norma regulamentadora NR 10: objetivo, campo de aplicação, habilitação, qualificação, capacitação e autorização dos trabalhadores
- Medidas de controle, proteção coletiva e proteção individual
- Prontuário de instalações elétricas

MÓDULO 3
- Apresentação e explicação dos treinamentos da NR 10
- Responsabilidades, boas práticas e exemplos de casos

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 11 – SUBESTAÇÕES DE MÉDIA TENSÃO DOS CONSUMIDORES (CABINES PRIMÁRIAS)
PROF. Clay Marcos Martins

MAIO/2025

MÓDULO 1
- Introdução ao Sistema Elétrico
- Requisitos da NBR 14039 para Subestações
- Segurança em Subestações

MÓDULO 2
- Definição de Subestação
- Função da Subestação no Sistema Elétrico de Potência
- Classificação básica das Subestações

MÓDULO 3
Componentes básicos de Subestações
- Itens obrigatórios de segurança
- Ramal de entrada
- Equipamentos de medição e controle
- Equipamentos de proteção e manobra
- Transformação
- Compensação de reativos
- Sistema de aterramento
- Sistema de proteção contra intempéries

MÓDULO 4
- Principais montagens de Subestações (Cabines Primárias)
- Subestação primária de consumidor conectada em tensão igual ou superior a 69kV
- Subestação primária de consumidor conectada em tensão inferior a 36,2 kV
- Subestação simplificada, instalação em poste único
- Subestação simplificada em alvenaria
- Subestação simplificada blindada
- Subestação convencional em alvenaria
- Subestação convencional blindada

MÓDULO 5
- Definição da Tensão de Fornecimento
- Conexão ou Ligação à Distribuidora de Energia
- Conceitos Básicos de Proteção e Seletividade
- Operação e Manutenção de Subestações
- Controle de Manutenção, Ocorrências e Revisões

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

DISCIPLINA 12 – PERÍCIAS EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS
PROF. Luiz Ferraro

JUNHO/2025

MÓDULO 1
- Introdução à perícia
- Perícias de engenharia: judiciais, extrajudiciais, cautelares e arbitragens
- Dinâmica de realização de perícias

MÓDULO 2
- Perícias e patologias em instalações elétricas
- Perícias e patologias em proteção contra descargas atmosféricas
- Laudos periciais

MÓDULO 3
- Observações e conclusões
- Responsabilidades, boas práticas e exemplos de casos

Diretor Acadêmico e Coordenador do Curso: Prof. Hilton Moreno

Clay Marcos Martins

32 anos de experiência em gestão, engenharia, projetos, operação e manutenção de redes elétricas de alta, média e baixa tensão nas áreas de subestações, redes aéreas e redes subterrâneas de distribuição, tendo atuado em posições de liderança na maior concessionária de energia elétrica do Brasil;

Engenheiro Eletricista, formado em 1994. Especialista em manutenção, operação e desenvolvimento de equipamentos, componentes, projetos de P&D’s, normas, instruções de trabalho e de segurança para subestações, redes aéreas e redes subterrâneas de distribuição;

Experiência como palestrante Nacional e Internacional sobre manutenção, construção, novos projetos, novos equipamentos e P&Ds sobre Redes Subterrâneas de Distribuição (IEEE, Distributech, SENDI, Encontro de Redes Subterrâneas;

4 anos de experiência como Interlocutor Ambiental, formado pela ABS e pela HGB Consultoria e Gestão

Embaixador de Inovação por 4 anos, sendo premiado em 2019 como melhor embaixador de inovação da Enel no Brasil.

Coordenação do melhor projeto de inovação da Enel no Brasil em 2023.

Atuação em desenvolvimento materiais, equipamentos e novos fornecedores para redes de distribuição subterrânea;

Experiência na fiscalização de trabalhos em campo para redes de distribuição aérea e subterrânea;

Formação em Gerência de Projetos com certificação ICS Profissional Formação em Curto Circuitos e Seletividade em Instalações Elétricas.

Hélio Sueta

Engenheiro eletricista, Mestre e Doutor pela Escola Politécnica da USP;

Secretário da Comissão de Estudo da ABNT de Proteção contra Descargas Atmosféricas;

Representante brasileiro no TC-81 (descargas atmosféricas) da IEC;

Chefe adjunto; da Divisão Científica de Planejamento, Análise e Desenvolvimento Energético do IEE USP;

Inúmeros artigos técnicos publicados no Brasil e no Exterior.

Hilton Moreno

-Engenheiro Eletricista pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1980);

-Membro do Comitê Brasileiro de Eletricidade da ABNT desde 1986, com participação em diversas comissões, dentre as quais da NBR 5410, NBR 15920, NBR 16690, NBR 17018, NBR 17019, NBR 14039 etc.;

−Participou de atividades de normalização técnica na Associação Mercosul de Normalização e no Comitê Panamericano de Normalização Técnica;

−Criador, Diretor Pedagógico e Professor do Curso de Pós-graduação (lato sensu) em Instalações Elétricas da Universidade Potência Educação e UniFatec-PR (2024);

−Cocriador e professor do Curso de Pós-graduação em Instalações Elétricas Prediais, Comerciais e Industriais, chancelado pela Facens – Faculdade de Engenharia de Sorocaba (2014-2018)

−Ex-professor da Escola de Engenharia Mauá (SP), titular da cadeira de Instalações Elétricas (1985 – 1998);

−Professor concursado do Curso de MBA de Gestão de Energia da Fundação Santo André, SP;

−Em 2014, recebeu do CREA-SP o Diploma de Mérito da Engenharia, Arquitetura e Agronomia Paulista;

−Palestrante em congressos, seminários e cursos no Brasil e no exterior;

−Autor e coautor de várias publicações entre livros, manuais, guias, etc. e de inúmeros artigos técnicos;

−Revisor da 5ª edição do livro “Instalações Elétricas” de Ademaro Cotrim;

−Consultor técnico de entidades e empresas da área elétrica;

−Sócio Diretor da HMNews Editora e Eventos, que possui a Revista Potência, a Potência Eventos e a Universidade Potência Educação

Jobson Modena

Engenheiro eletricista com mais de 30 anos de experiência;

Coordenador da Comissão de Estudo da ABNT de Proteção contra Descargas Atmosféricas;

Representante brasileiro no TC-81 (Descargas atmosféricas) da IEC;

Membro das comissões de estudo da ABNT (Instalações elétricas de baixa tensão e Aterramentos elétricos;

Inúmeros artigos técnicos publicados no Brasil e no Exterior.

José Roberto Muratori

José Roberto Muratori é engenheiro de produção formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) com especialização em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas.

É diretor da Marbie Systems, empresa de consultoria e projetos de automação residencial e predial que atua em todo o território brasileiro.

Criador e gestor do Projeto Conectar, um ecossistema que reune empresas e profissionais do mercado de Automação Residencial e Predial, que inclui os portais Prédio Eficiente e Lar Inteligente.

Participa como curador e instrutor do Instituto da Automação, uma plataforma de capacitação e atualização para profissionais da área de Automação Residencial e Predial.

Atualmente é Coordenador do Grupo de Trabalho de Automação na Comissão de Estudo de Eficiência Energética e Desempenho Térmico nas Edificações da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Também atua como Professor de Pós-Graduação no Centro Universitário de Tecnologia de Curitiba - UnIFATEC e Universidade Potencia Educação - UNIPOTENCIA

Foi membro fundador da AURESIDE, Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial em 2000, e atuou como seu diretor executivo entre maio de 2012 e outubro de 2021.

Apresenta palestras e ministra cursos e seminários sobre temas ligados à tecnologia. É colunista em revistas e sites da Internet, tendo diversos artigos publicados que se tornaram referência no mercado de Automação Residencial

José Starosta

Mestre em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica/Universidade de São Paulo (1998);

Engenheiro Eletricista pela Escola de Engenharia Mauá (1982);

Diretor de Engenharia e sócio-gerente da Ação Engenharia e Instalações Ltda (desde 1993);

Vice-presidente da SBQEE, ex-presidente da ABESCO;

Responsável pela coordenação e supervisão técnica de projetos elétricos em instalações comerciais e industriais de grande porte, data centers, hospitais, terminais portuários, projetos de uso eficiente de energia, soluções em qualidade de energia, gerenciamento de contas e contratos de energia elétrica;

Professor em cursos de extensão e pós-graduação com diversos trabalhos publicados.

Luis Tossi

Engenheiro Eletricista formado pela Universidade Mackenzie, em 1987 com MBA em gestão de negócios pela FAE, Fundação Bom Jesus de Curitiba.

Atua no mercado brasileiro de missão crítica a 35 anos, com extensa experiência em sistema de energia e refrigeração em datacenters.

Atuou como executivo de empresas globais da área de insumos de missão crítica por mais de 10 anos, com passagens pela Chloride e Emerson Network Power.

Desde 2015 atua como consultor e projetista de data centers, desenvolvendo projetos de data centers principalmente para o mercado público e alguns provedores locais.

Foi um dos fundadores da Associação Brasileira de data centers, onde atualmente ocupa a posição de vice-presidente.

Luiz Ferraro

Engenheiro Eletricista e Especialista em Segurança do Trabalho

Pós-graduado em Empreendedorismo e Inovação Tecnológica nas Engenharias

Experiência sólida em consultorias, inspeções, projetos, perícias e treinamentos

Piloto de drones (RPA) desde 2012

Professor na UniPotência e Instrutor da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Diretor de Engenharia e proprietário da L. C. Ferraro Engenharia

Maurício de Sousa Lima

Técnico em Eletrotécnica – Centro Paula Souza, Técnico de Gestão de Processos - SENAI/SP;

Tecnólogo em eletricidade com ênfase em Eletrônica - Universidade Mackenzie;

Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes para Disciplinas do Currículo da Educação Profissional em Ensino Médio – UNIMEP;

MBA em Gerenciamento de Projetos – FGV;

Consultor em Lean Manufacturing e Eficiência Energética,

Membro do comitê do Grupo de discussão da norma ABNT NBR 16690/2019

Atualmente coordenador dos cursos de Formação Inicial e Continuada – SENAI/SP.

Roberval Bulgarelli

Consultor sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas, incluindo serviços de classificação de áreas, projeto, inspeção, montagem, manutenção, reparo, recuperação e auditorias;

Engenheiro eletricista, com mestrado em proteção de sistemas elétricos de potência pela POLI/USP;

Mais de trinta e cinco anos de experiência em equipamentos e instalações elétricas e mecânicas em áreas classificadas, trabalhando em instalações terrestres e marítimas na indústria do petróleo e gás;

Provedor de treinamentos EAD e “in-company” sobre equipamentos e instalações em atmosferas explosivas, com conteúdo programático personalizado de acordo com as necessidades e objetivos das Empresas;

Coordenador do Subcomitê SCB 003:031 (Atmosferas explosivas) da ABNT/CB-003 (Eletricidade/Eletricidade);

Representante do Brasil nos Comitês Técnicos TC 31 e TC 95 da IEC;

Representante do Brasil no IECEx - Sistemas internacionais da IEC sobre certificação em atmosferas explosivas;

Coordenador da Comissão de Estudo CE 003:065;001 da ABNT sobre Automação de Sistemas Industriais;

Membro da Comissão de Estudo CE 003:057;001 da ABNT sobre automação de sistemas elétricos de potência;

Condecorado com o prêmio de reconhecimento internacional IEC 1906 Award;

Organizador do Livro “O ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas".

Biblioteca Digital UniPotência

Os alunos poderão acessar os e-books on-line ou off-line (através do aplicativo de leitura Bookshelf) para todo o acervo disponibilizado.

Os e-books podem ser lidos em PCs, notebooks, tablets e demais dispositivos móveis (Android e IOS). O aplicativo de leitura (Bookshelf) permite fazer pesquisas avançadas por título, autor, ISBN, palavras e trechos do livro, anotações, marcações no texto, compartilhamento das anotações e marcações com outros usuários, criação de cartões de estudo, ampliação de fonte, cores e contrastes, luz noturna, leitura em voz alta “Read Aloud”, entre outros.

O e-book pode ser baixado em até 4 (quatro) dispositivos diferentes.